16 de jan de 2010

Pira I

Chuva poética no sarau de Maresias.

Pira de Michele Torinelli

1 comentários:

Contar Estórias disse...

Força para vocês. Continuo acompanhando desde o início da caminhada. Pensamentos bons para vocês. Fé e força!!!